O que ninguém conta sobre a saudade

Ninguém diz que, a saudade causa sintomas semelhantes ao de abstinência como: hipersônia, fadiga, cefaleia, irritabilidade, dificuldade de concentração, inquietação, boca seca, falta de ar ou palpitações. Ninguém diz que a saudade é um pesar no peito equivalente a um elefante bebê pesando 70 kg que senta no peito e esmaga miocárdio.

Ninguém diz que, a saudade mora na lembrança constante de um sorriso fácil, nos olhos rasgados com traços orientais de uma mulher de pele morena e cabelos negros que mistura português com espanhol, criando um dialeto próprio.
Ninguém diz que, a saudade pode ter 7.845 km e parecer ser 384.400 km (a distância da terra pra lua). Ninguém diz que, a saudade te prende no tempo e espaço, que faz as horas passarem em câmera lenta ao passo que o coração bate sempre mais rápido.
Ninguém me disse que, eu seria tão sua que deixaria de ser minha e que durante todos os dias da sua ausência eu choraria o suficiente para encher todas as garrafas vazias de água da casa e que ainda sobraria para abastecer uma cidade inteira do tamanho de AlegríaDulantzi.
O que eu sei sobre a saudade, é que ela tem nome, sobrenome e endereço fixo no meu coração. 

Você também pode gostar desses posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *