Um bom encontro é de nós dois

Eu não estava preparada pra esse turbilhão de sentimentos avassaladores que  despertou em mim. Foi como ser atropelada e não conseguir anotar a placa. Todas aquelas canções fazendo sentindo tão de repente. Presa nos clichês que sempre debochei.

Eu não tinha nenhuma intenção de te trazer pro meu mundo, ou de querer fazer parte do seu, “é só uma aventura”, repeti inúmeras vezes para mim mesma, tentando me convencer de que seu tempo na minha vida tinha prazo de validade. Mas a conversa era tão honesta, que podia revelar meus desejos mais sombrios e pra você tudo bem.  Você me mostrou seu lado “fora da curva”, e te aceitei por completo.

Abri a porta sem saber que não era só na minha casa que você entrava, era do meu âmago e agora eu vejo você em todas as coisas. Seu cheiro, seu toque, era como estar no paraíso. Morreria repetidas vezes pelo prazer de reviver nos seus braços.

Já me apaixonei, odiei, me entreguei, recuei, mas nada nunca pareceu tão certo quanto nosso encontro, nada foi tão intenso e arrebatador quanto o que senti despida no seu abraço. Você me disse que eu era perfeita e naquele momento eu quis ser,

Olhei no fundo dos seus olhos e em silêncio te amei te quis, tão profundamente que o medo me impediu de verbalizar em voz alta. Me perdi no seu sorriso e agora não sei como voltar.

Você também pode gostar desses posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *