Quem diabos são ‘Peaky Blinders’ e o que é isso tudo?

Até uns dias atrás eu não fazia ideia da existência dessa série, até receber a indicação do meu amigo e tatuador Marcelo Mazucatto, que garantiu ser do meu agrado. O drama de sucesso da BBC,  Peaky Blinders,  é agora um Netflix Original, estrelado por Cillian Murphy  como Thomas Shelby da vida real pós-gangue da Primeira Guerra Mundial. Depois de uma temporada de sucesso no exterior, a Netflix adquiriu o drama gângster como se fosse o seu próprio bem a tempo para a estreia da segunda temporada na BBC. A série de seis episódios narra os eventos da gangue Peaky Blinders que dominou Birmingham, na Inglaterra, nos anos 1920.

É fácil comparar a série com o  Boardwalk Empire: a cinematografia esfumaçada, o figurino da virada do século, e encontrar-se inexplicavelmente torcendo pelo mal. Como o Boardwalk Empire, a série tem muito peso baseada em figuras da vida real. Ao contrário do Boardwalk Empire, no entanto, há um toque contemporâneo, mais notavelmente a música: The Dead Weather, o White Stripes, e mais – há definitivamente algo emocionante em assistir Cillian Murphy em seu personagem que parece frio emocionalmente mas tão complexo, sem contar no olhar congelante.

Quem são os Peaky Blinders?

O drama Peaky Blinders conta a história de Thomas Shelby e sua gangue criminosa. Hipnotizante e sombria, a série se passa nas ruas do Birmingham pós-guerra, na beira da década de 1920. Mas os personagens fictícios que os espectadores passaram a amar ecoam uma verdade que é tão dramática, sangrenta e irresistível quanto os enredos semanais da BBC. Com sua cinematografia cativante, performances carismáticas e título dramático, a série Peaky Blinders na BBC2 conquistou a atenção de espectadores e críticos no outono de 2013.

Com uma fotografia elegante e escura, o enredo conta a ascensão ao poder de Tommy Shelby e sua gangue criminosa de Peaky Blinders. Elegantemente vestidos, eles receberam o nome da arma que usaram nas lutas, além disso, em suas capas haviam sido costuradas navalhas de segurança usadas para se defenderem de seus oponentes.

Os personagens principais:

Thomas Shelby (Cillian Murphy)

Tommy Shelby e seu irmão, Arthur, estão sendo caçados pelo governo depois que um carregamento de munição pronta para a guerra desaparece. Como o primeiro episódio se desenrola, é claro que os federais são ignorantes para o fato de que sem os Blinders e outras gangues rivais na área, toda a economia da cidade entraria em colapso, já que está em frangalhos graças à guerra. Durante um recente assalto, Tommy fez com que seus homens roubassem uma caixa de motocicletas, porque, vamos encarar, as motocicletas estão  bem mais legais que cavalos. Tommy admite para sua tia Polly que seus homens provavelmente estavam bêbados; em vez de roubar algumas rodas inofensivas, eles acidentalmente pegaram uma caixa de armas, incluindo 25 metralhadoras automáticas, 10 mil cartuchos de munição e uma infinidade de pistolas. Tommy sabe que precisa fazer tudo o que puder para manter seu último emprego em segredo, especialmente porque planeja usar as armas como garantia.

Arthur Shelby (Paul Anderson)

O irmão mais velho implacável de Tommy está ajudando a manter os Blinders juntos por um fio. Os federais estão fora por seu sangue, especificamente o inspetor Chester Campbell, que é tão cruel quanto os líderes da gangue, mas tem o crachá do governo para apoiá-lo. Depois de ser espancado quase até a morte por Campbell, Arthur se retira para que sua família possa elaborar um plano para divergir da atenção do governo.

Chester Campbell (Sam Neill)

Enviado para Birmingham de Belfast, Campbell está tentando consertar os erros da cidade quebrada de dentro para fora, começando com a aplicação da lei. Todos na cidade, incluindo a força policial, foram subornados e ameaçados pelos Peaky Blinders. Na esperança de acabar com essa corrupção, Campbell traz seus próprios homens, fazendo os policiais competirem por seus empregos. Ele também trouxe agentes secretos que se candidatam ao trabalho em estabelecimentos locais para que possam ouvir qualquer notícia sobre os Blinders.

Tia Polly (Helen McCrory)

A tia de Tommy que fazia o início das operações de gangue enquanto os homens estavam em guerra. Ela ouve através da porta a conversa sobre a caixa de Tommy e pede a ele para tomar a decisão certa, jogando as armas no rio. Tommy diz que fará, mas está claro que ele fará qualquer coisa para manter as armas e a munição.

Ada Shelby (Sophie Rundle)

A irmã de Tommy que faz parte da operação Peaky Blinders, mas de uma posição de secretariado. Ela é vista com Freddie Thorne (Iddo Goldberg), um intrometido que claramente só está dormindo com ela para obter informações dela sobre as gangues.

Grace Burgess (Annabelle Wallis)

Nós nos encontramos pela primeira vez com Grace quando ela entra no bar local pedindo por um emprego, provando que ela tem experiência em bares em Dublin. É óbvio que Grace não pertence a um bar violento, mas ela é persistente e o barman deixa ela trabalhar com uma condição: ela canta para acalmar a angústia entre os clientes. Ela chama a atenção de Tommy, que pergunta sem rodeios se ela é uma prostituta e, se não, ela está no lugar errado. Mal sabe ele, ela é uma agente de Chester Campbell que está investigando o desaparecimento de uma grande caixa de armas.

Basicamente a série está dividida em poucos episódios na Netflix, mas cada um possui aproximadamente 45 minutos de duração. Vale muito a pena por ser algo bem diferente e contar a história de uma gangue que realmente existiu.

 

Você também pode gostar desses posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *